sexta-feira, 1 de junho de 2012

A moça do perfume doce...

Eu a vi hoje cedo, com seu vestido azul, cheio de florzinhas amarelas... Era sim um vestido lindo, típico daquelas meninas doces e bem comportadas, dignas de um casamento eterno. E o formato de seu corpo era tão discreto, suas curvas eram tão harmoniosas que me seduzia sem precisar de exagero nenhum. E quando ela andava contra o vento, que maravilha! Seus cachos saltitavam nos seus ombros, e alguns até voavam, fazendo bungee jumpings mais lindos do mundo! E quando ela passou do meu lado então? Nossa, que perfume delicioso, tive vontade de acompanhá-la até a mercearia do seu Pedro, mas quem disse que a vergonha deixava? Fui nada, fiquei esperando ela voltar, que eu sou besta. E quando ela voltou, vocês não adivinham o que foi que eu fiz? Isso mesmo, não fiz nada pela segunda vez. Fiquei só olhando ela passar, abestalhado como sempre. Aí vem o mais surpreendente... Ela me viu! Sim, me viu quando passou, olhou por cima dos ombros, voltou e perguntou o que eu estava fazendo. E sabe o que respondi? Estou fazendo nada. Então ela sentou do meu lado, no batente da minha porta e disse: "posso ficar aqui um pouco, fazendo nada contigo?"

6 comentários:

  1. Simplesmente lindo e ternurento...
    Adorei!! Muitos parabéns

    :)

    ResponderExcluir
  2. Que lindo! Essas pessoas tão singulares que surgem do nada são uma doçura, né? Mudam completamente a vida da gente, mesmo que por alguns segundos. Tudo parece novo, tudo fica perfeito.
    Adorei, Hugo! De uma espontaneidade e simplicidade encantadora.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Algumas pessoas tem esse brilho, essa intensidade que não se explica, que não nos permite desgrudar os olhos.

    ResponderExcluir
  4. Ah que lindo *-* Adorei mesmo!

    ResponderExcluir
  5. Completamente EN-CAN-TA-DOR.

    Viajei em leitura solta,
    corri todas as letras e linhas
    pensando aqui comigo,
    que as futilidades do mundo
    não são suficientes para tirar
    a beleza do encontro inoportuno;
    ou até mesmo, a beleza da menina
    de vestido azul que vale um casamento
    honroso e duradouro.

    Parabéns.

    ResponderExcluir
  6. Sempre achei que não fazer nada rendia e muito!..huahahah

    #Comprovado!

    ResponderExcluir